Modalidades do Aggressive Inline

Andar de patins é um dos melhores hobbies para quem busca fazer uma atividade legal e ainda melhorar o seu condicionamento físico enquanto passeia pela cidade. O patins inline, também conhecido como roller inline, é aquele equipamento no qual as rodinhas ficam alinhadas em uma “fila indiana”. É um esporte muito popular no Brasil.

Mas você sabe como tudo começou e quais são as principais categorias do Aggressive Inline? Continue a leitura e descubra!

O surgimento do patins

Na era Vitoriana (1837-1901), na Inglaterra, era comum que durante os encontros, os jovens das classes mais altas britânicas levassem a sogra. Praticamente em todos os eventos, desde bailes até reuniões de igreja havia uma pessoa mais velha de olho nas conversas e flertes.

Os mais jovens buscavam, de diversas maneiras, burlar este monitoramento, mas foi o americano James Leonard Plimpton que apresentou a solução para este problema: um patins de quatro rodas que fazia curvas fazia sucesso nos Estados Unidos e chegou à terra da rainha em meados de 1870.

As pistas de patinação se tornaram, então, um ponto neutro onde os jovens podiam interagir sem interferência. Somente mais tarde surgiram os patins inline, com as rodinhas alinhadas.

Patins como esporte

Desde a sua criação, o patins inline foi um sucesso. Com a sua capacidade de criação de manobras cheias de estilo, se tornou um dos esportes radicais prediletos dos mais jovens, sendo uma das modalidades mais concorridas em grandes eventos como o X-Games.

Aqui no Brasil, estima-se que haja cerca de 2000 atletas divididos entre profissionais, amadores e iniciantes, disputando cerca de 20 torneios durante o ano inteiro, número interessante quando pensamos que foi apenas em 1999 que a Confederação Brasileira de Hóquei e Patinação(CBHP) oficializou a patinação radical como esporte.

Atualmente, as categorias do Aggressive Inline se dividem em quatro grandes estilos. São eles o High Jump, Street, Vert e Park.

Categorias do Agressive Inline

High Jump

Os eventos de High Jump consistem em uma pista aberta no qual o objetivo é superar os concorrentes pulando mais alto. Ainda há nessa vertente uma competição para a “best trick”, ou melhor manobra.

Street

As competições de Street são realizadas em cenários urbanos utilizando obstáculos que pertencem ao dia a dia de uma cidade movimentada como grinds (corrimões), escadarias, muretas, cantoneiras e gaps.

Vertical

Na modalidade Vertical, o objetivo é executar as melhores manobras em uma halfpipe ― aquela pista em formato de U, onde estilo, execução e altura são quesitos levados em consideração.

Park

O estilo inline park envolve a criação de pistas específicas para quem pratica o patins ou skate. Nela são distribuídos, pelo espaço dos “Parks”, diversos obstáculos como mini-rampas, box, corrimões e muros.

Em geral, os objetos são feitos em madeira MDF quando a pista é coberta (indoor) e madeira naval quando fica exposta a céu aberto. Uma terceira opção que encontramos são as pistas construídas com cimento queimado. Assim, o piso fica mais liso e aderente, facilitando as manobras.

Muitos atletas transitam entre todas as diferentes modalidades, e muitas pistas oferecem opções para todas elas. Agora que você conhece melhor o Aggressive Inline, é hora de colocar o patins no pé e praticar, independente da modalidade que você escolher!

E não se esqueça que, se você ter vontade de ser um patinador profissional, é bom começar a seguir essas dicas.

 

div#stuning-header .dfd-stuning-header-bg-container {background-color: transparent;background-size: initial;background-position: top center;background-attachment: initial;background-repeat: no-repeat;}#stuning-header div.page-title-inner {min-height: 250px;}