Saiba como surgiram os half pipes na história do skateboard

Caracterizado pelo estilo urbano, o skate é um esporte que nasceu na rua e é nela onde a maior parte dos seus adeptos costuma andar. Porém, uma das modalidades mais famosas é o vertical, praticado principalmente nos half pipes. O half pipe é uma pista em formato de U com altura média de 4 metros.

Embora seja hoje uma das principais modalidades do skate e a competição mais importante de eventos como o X Games, o half pipe surgiu pouco depois do skate, quando o esporte ainda estava se desenvolvendo — e quase esquecido! Aqui vamos apresentar um pouco sobre a história dessa modalidade. Confira aí!

A Origem

Como sabemos, o skateboard surgiu no início da década de 1960, quando alguns surfistas de Los Angeles decidiram se divertir em épocas de maré baixa, colocando rodinhas nas pranchas de surf.

Acontece que na década de 1970 houve uma grande seca na região da Califórnia. Foi quando os surfistas locais descobriram que era possível se divertir com o skateboard em piscinas que se esvaziaram pela seca, visto que os ângulos e curvas de uma piscina são muito semelhantes às ondas.

Cabe ressaltar que as piscinas nos Estados Unidos possuem paredes com transição para o chão e não formam ângulos retos como as piscinas do Brasil.

O sucesso dessa prática foi tão grande que os skatistas começaram a invadir diversas casas com piscinas vazias para se divertirem. Aos poucos, foram surgindo diversos skateparks com pistas que simulavam essas piscinas. Essas pistas ficaram conhecidas como bowls.

O surgimento do bowl foi muito importante para a evolução do skate em si e do próprio esporte. Foi nessa época que começaram a surgir as primeiras manobras aéreas, uma vez que o formato dessa pista costuma jogar o skatista para o alto.

Porém, no final da década de 1970 muitas pistas foram fechadas, devido ao número de acidentes, e os amantes do skate tiveram que construir suas próprias pistas em casa. A partir daí começaram a surgir os half pipes e a modalidade vertical.

As pistas half pipes

Embora existam half pipes de concreto e de metal, as primeiras rampas foram construídas de madeira e ainda hoje são as mais comuns dentro da modalidade. A sua estrutura pode ser de madeira ou de metal, enquanto a pista é composta por folhas de compensado e revestida em masonite ou outro material próprio para a construção dessas pistas.

Logo quando surgiu o half pipe, os skatistas levavam suas rampas para as ruas, o que contribuiu ainda mais para a popularização da modalidade street.

E, para esta modalidade, foram sendo construídas em locais públicos as quarter pipes de concreto e metal (apenas um lado do half pipe), provocando o crescimento do street.

Com isso, a modalidade vertical e os half pipes quase foram esquecidos.

Tony Hawk e a revolução do half pipe

Na década de 1980 diversos skatistas, como Rodney Mullen e Steven Caballero, foram fundamentais para a popularização e revolução do skate. Mas nenhum deles foi tão importante para o half pipe quanto Tony Hawk.

Especialista na modalidade vertical, Tony Hawk fez com que diversos skatistas e amantes do esporte tivessem uma nova visão do half pipe, buscando sempre inovar e ultrapassar os limites nas manobras.

Vencedor de 12 mundiais de vertical e 10 vezes campeão no X Games, Tony é um dos principais atletas do mundo e contribuiu muito para a popularização do half pipe e do skate como ele é hoje.

Embora seja uma das principais modalidades do esporte na atualidade, o half pipe não possui muitos skatistas profissionais, visto que é preciso grande experiência e maior nível técnico para se profissionalizar nele.

E então? Achou interessante? Então não deixe de compartilhar esse conteúdo nas redes sociais com os amigos amantes de half pipes!

 

div#stuning-header .dfd-stuning-header-bg-container {background-color: transparent;background-size: initial;background-position: top center;background-attachment: initial;background-repeat: no-repeat;}#stuning-header div.page-title-inner {min-height: 250px;}